Top30 Os melhores sites da Internet

 
Página Inicial > Saúde > Transtorno Bipolar: Estado de Euforia e Depressão Imotivadas.

Tópicos recentes

Transtorno Bipolar: Estado de Euforia e Depressão Imotivadas.

bipolarPessoas que vivem entre a euforia e a depressão, horas estão lá em cima, horas lá embaixo. Essas pessoas não são tão de lua e sim são portadoras do transtorno bipolar.

O transtorno bipolar é uma doença psiquiátrica grave em que acomete pessoas que sofrem de períodos de depressão e períodos de manias. Essa mania falada na psiquiatria não é aquela mania de colecionar, mania de fazer algo e sim são períodos de uma euforia intensa imotivada. O humor da pessoa com transtorno bipolar oscila tanto, que pode variar como uma gangorra. É mais do que um mau humor matutino, a bipolaridade leva a pessoa a ter impulsos imprevisíveis e muitas vezes agressivos.

As curvas de humor alteram muito o ritmo de vida da pessoa que sofre o transtorno bipolar. Pois a pessoa entra em uma fase de grande atividade, querendo fazer mil planos, não dorme, muitas vezes pode ser acompanhada de grande irritabilidade e a partir daí podem também ter períodos depressivos. Em que a pessoa perde a vontade de viver, uma profunda tristeza, e essa tristeza tem uma característica que a diferencia da tristeza normal, que é uma tristeza imotivada, ou seja, não há uma razão pela qual a pessoa pode explicar porque está tão triste.

bipolar-disorder-1aEntão na verdade o transtorno bipolar é uma doença que tem episódios, chamado fases. Que são fases depressivas intercaladas ou muitas das vezes sucedidas por períodos chamadas fases maníacas que são as fases de grande excitação e euforia como foi dito anteriormente.

A diferença do transtorno bipolar para as outras doenças, como síndrome do pânico, depressão, dentre outras é que o transtorno bipolar é uma doença do transtorno do humor, ou seja, o que está associado basicamente à efetividade da pessoa. Ela te uma profunda tristeza nas fases depressivas imotivadas e que muitas das vezes impedem de fazer suas atividades corriqueiras, como por exemplo, em casos graves não cuidar da higiene, não se alimentar. E na fase maníaca a pessoa fica extremamente agitada, sem dormir, inconveniente, não tendo limites, trazendo um grande problema a si mesmo.

Existem dois tipos de variações do transtorno bipolar que são: O tipo 1, que é a junção das duas fases existentes, a depressiva e maníaca, com a mesma intensidade nas duas fases e a tipo 2, que é quando o quadro depressivo é seguido ou depois de algum tempo surgindo a fase maníaca, sendo de menor intensidade, que é chamada de hipomaniaca (não é plenamente maníaca).

painelbipolar

O tratamento do transtorno bipolar é essencial, e quanto mais cedo diagnosticar a doença, melhor será a vida em sociedade do individuo. O tratamento é feito através de psicofármicos, chamados de estabilizadores do humor. Em que visa evitar que a pessoa tenha essas fases repentinas maníacas e alguns casos (mais graves) o médico associa com o uso de antidepressivos. Sem o tratamento adequado, a pessoa poderá sofrer quadros sucessivos já que o transtorno bipolar é uma doença decorrente (aparece em fases).

Infelizmente o transtorno bipolar não tem cura. Mas com o paciente diagnosticado e fazendo o tratamento correto, evita-se que se tenham novos episódios, sejam eles depressivos ou maníacos. E para que a doença se transforme em uma aliada, o tratamento exige a mudança de alguns hábitos, como dormi bem, evitar substancias que tem ações ao cérebro (estimulantes ou depressivos).

Quem aceita a doença, as oposições da doença tem tudo para vencer a batalha! Não desistir é primordial!

 
 

Tags: Tags: , , ,

  1. marli ferraz
    22, junho, 2012 em 10:34 | #1
    realment  a matériaé de grand ajuda,apezar de eu sofrer d transtorno e depressão creioeu desd que nasci,mas só a descobri a 8 anos atráz,quandoeuliauma literatura chamada despertai,que vinha falando sobre a mesma,das testemunhas de jeová,poiseu jáerauma,foiaí qfuiaomédico informá-lo,comecei a fazer tratamento,hoje estou umtanto melhor,mas gostaria depoder melhorar mais,pois além de amar a deus amo a vida,etenho q dividir-me em muitas,visto ter q fazer o papel de mãe,paie avó mãe,sendo que já tenho 52 anos eno passado consumi várias drogas ilícitas pr maisde 20 anos, ainda pra completar desenvolvi hipoitireodismo,que complica ainda mais.
  2. Gilce
    15, maio, 2012 em 02:47 | #2
    @Eliana de miranda gil mendes
    Meu amigo que situação só Jesus para te dar força mesmo, mas olha ele quer curar seu casamento procure uma igreja crsta de sua preferencia o espiritual ajuda muito na biblia fala que somos uma so carne, e ai vai ficar sem sua outra metade? ja tentou em um consultorio particular ? sei la existe tantos convenios derrepente ela pode se sentir melhor mas acredito mesmo que vc deve tentar de todo seu coração procurar ajuda religiosa dica assista filme prova de fogo amigo que Jesus ilumine seus caminhos estarei orando pela sua familia um forte abraço
  3. Gilce
    15, maio, 2012 em 02:30 | #3
    Olha queridos, sei que muitas vezes quem convive com o doente acaba enfraqucendo tambem mas… nao temos culpa de ter este problema o que precisamos é de amor se Deus deu alguem com esta doença na sua vida provavelmente te deu capacidade abandonar alguem que precisa jamais, veja o tom da voz veja os dias do humor perceba cide ame nao estou falando que sera uma tarefa facil mas digo que sera uma tarefa que voce tera cumprido.
  4. batista
    14, abril, 2012 em 19:18 | #4
    esta doeça é miseravel porque acaba com todo mundo na familia!na minha opiniao o que mais desgasta não é a ocilação em si,mas a insistencia do doente em ser perverso,destrutivo,egoista,isto sim é o pior!
  5. batista
    12, abril, 2012 em 09:57 | #5
    minha esposa é bipolar de humor e já abandonou o tratamento 3 vezes,tendo em vista que quando participava dos tratamentos não tomava a medicação,pois ela não aceita esta doença!Já fiz tudo o que podia e não vejo mais solução para esta questão.A unica solução que vejo é a separação e pedir a guarda de meu filho!Ela é muito agressiva e se utiliza de palavras pesadas para me humilhar moralmente,as vezes faz isso ate com nosso filho de 11 anos e faz muita provocações e barracos!Não suporto mais ver meu filho nesta situação!O caps não pode obriga-la a se tratar,portanto acho que devo tomar providencias juridicas para o caso e procurar resguardar pelo menos a integridade fisica e psicologica de meu filho
  6. Eliana de miranda gil mendes
    3, abril, 2012 em 04:32 | #6
    sei q estou muito doente ñ durmo,sou agitada,agresiva,mal humorada,tenho vontade virar mendiga ao mesmo tempo morrer,ñ gosto de ninguem perto de mim,vivo sozinha no meu quarto,ñ atendo as pessoas quando me chamam,acho q ninguem gosta de mim,ambem ñ gosto de ninguem,sair para mim é um transtorno,chego a cortar minhas roupas para q ñ me levem a lugar nenhum,muito dificil fazer uma comida para mim,odeio quando alguem vem ficar comigo,maltrato o tempo td,adoro estar só,assim como estou agora.
    tenho plena certeza q meu marido me trai,pois vejo td num cenário na minha cabeça,minhas filhas ñ estão nem ai,só vê o marido delas,ñ me arrumo mais,ñ gosto nem de pentear os cabelos,acabou meus remédio q meu médico passou do meu plano e me nego a ir em outro pois ele saiu da clinica,já tive muitas vezes internada em hospitais e tenho medo de q outro me interne.
  7. 5, março, 2012 em 12:51 | #7
    caraca meu minha me sofre disso,toda hora descuti comigo
  8. bianca
    14, dezembro, 2011 em 12:22 | #8
    Ola gustavo eh muito bom saber que ainda tem maridos assim!
    Pois estou enfrentando uma separacao devido aos meus transtornos, perdi meu marido e amo demais ele!! nos temos uma filha de 2 anos e meio e estou pensando no suicidio, pq acho q minhas crises nao tem cura e me sinto uma fracassada!!
  9. gustavo
    12, dezembro, 2011 em 22:38 | #9
    Olá, eu acho que minha esposa sofre deste problema, ela é muito nervosa e agressiva, faz um probleminha se tornar um problemão, quando parece que está dando tudo certo, ela vem com uma crise de nervosismo e estraga tudo, e quando passa algum tempo ela transmite que é uma pessoa boa e carente, estou tentando convencer ela a se cuidar.
Página de comentários
1 2 999
  1. Nenhum trackback ainda.

Faça a busca por notícias

 


Este website foi projetado para ser completamente acessível e usável, trabalhando em conformidade com as Diretrizes de Acessibilidade para Conteúdo Web (WCAG v1.0).

Se houver qualquer coisa (ocorrência) neste site relacionado a acessibilidade ou a validação que não estiver de acordo com os padrões, por favor entre em contato.