Top30 Os melhores sites da Internet

 

Página Inicial > Saúde > Síndrome do Pânico: Um Mal Que Tem Cura!

Tópicos recentes

Síndrome do Pânico: Um Mal Que Tem Cura!

sindrome-do-panico-3Hoje na sociedade em que vivemos transtornos psicológicos estão cada vez mais em evidencia na população mundial, no Brasil essas doenças tem se agravado bastante nos últimos anos. Tanto é que especialistas e pesquisas afirmam que doenças psicológicas estão sendo a doença do século XXI, como: depressão, síndrome do pânico, esquizofrenia, dentre outras. E infelizmente pela forma que muitos andam vivendo, má qualidade de vida, consumo de drogas, estresse da correria do trabalho, forte tensão emocional (morte de um ente querido, de um animal de estimação), dentre outros fatores determinantes, acabam desencadeando de forma inesperada a muitos indivíduos.

Uma dessas doenças psicológicas chamada de síndrome do pânico ou na linguagem psiquiátrica transtorno do pânico, tem sido considerada alarmante quanto ao número de casos confirmados da doença. Um mal que não escolhe idade nem sexo, apesar de que há mais casos de mulheres do que homens.

O medo é uma reação natural do ser humano, esse sentimento demonstra que estamos vivos, se não tivéssemos medo de atravessar a rua conseqüentemente seriamos atropelados, esse medo gera cuidados e faz com que tomamos precauções para com a nossa vida. Mas por motivos fisiológicos, genéticos, sociais, acabam desencadeando em certas pessoas um medo excessivo de morte.

espiritualidade4A síndrome do pânico ou transtorno do pânico (TP) é uma doença que se distingue por crises que chegam sem avisar, inesperadas de medo e desespero. A pessoa tem a sensação de morte no momento de uma crise, como um ataque cardíaco, isso devido o coração disparar, sentir falta de ar e sudorese abundante. O individuo que sofre com síndrome do pânico, vive momentos de terror durante as crises, ainda mais nos intervalos de uma a outra, pois não existe uma precisão de quando as crises ocorrerão novamente se serão de 5min/dias/meses. As crises são intensas, mas passageiras de 15 a 20 minutos, raramente mais disso, diminuindo aos poucos e desaparecendo totalmente naquele momento.

A síndrome do pânico é traumática, porque a pessoa está na crise ou está com medo da crise, deixando o individuo em pânico 100%. Isso traz tamanha insegurança, que a qualidade de vida da pessoa fica seriamente comprometida, devido ao estado de isolamento, com medo de ter crises em lugares públicos.

sindrome-do-panico-60-94-thumb-570Os sintomas da síndrome do pânico são característicos de quando o individuo está passando por algum tipo de perigo real, o corpo se prepara para alguma “coisa horrível”. Os principais sintomas são: taquicardia, sudorese, falta de ar, tremor, fraqueza nas pernas, ondas de calor e frio, tontura, sensação que o ambiente é estranho (perigoso), sensação que vai desmaiar, enfartar, derrame, pressão na cabeça, perigo de morte, medo de sair de casa, medo de fazer as coisas mais simples como viajar, dirigir, ir a lugares com muita gente, cinema, feiras, etc.

Quanto ao tratamento para a síndrome do pânico, o ideal é iniciar um tratamento psiquiátrico. O psiquiatra irá avaliar qual melhor remédio a ser tomado. É importante também a psicoterapia para trabalhar a ansiedade, as fobias e mudar a atitude perante a doença, já que a síndrome do pânico é uma doença psicológica. Outro fator primordial é a vontade de se curar do paciente, seguindo corretamente as prescrições feitas pelo médico. A síndrome do pânico tem cura!

liberdade21

 
 

Tags: Tags: , , ,

  1. Cristiano felipe Nazzari
    27, novembro, 2014 em 14:54 | #1
    Ola pessoal, sofria desse mal há algum tempo atras,pois já estou curado… a solução: DEUS, foi ele que me tirou dessa com a força dele, estou bem financeiramente, tirei a pouco tempo a carteira, estou me formado, estou a  me casar e comprar minha casa , uma dica que eu deixo é confiar no senhor e só que as demais coisas serão acrescentadas.
  2. Cristiano felipe Nazzari
    27, novembro, 2014 em 14:54 | #2
    Ola pessoal, sofria desse mal há algum tempo atras,pois já estou curado… a solução: DEUS, foi ele que me tirou dessa com a força dele, estou bem financeiramente, tirei a pouco tempo a carteira, estou me formado, estou a  me casar e comprar minha casa , uma dica que eu deixo é confiar no senhor e só que as demais coisas serão acrescentadas.
  3. 23, outubro, 2013 em 15:13 | #3
    bom dia para todo. tenho a impressao de que todos nos que temos s do panico queremos uma qualidade de vida melhor. a anos venho tendo pensamento voltado em um lugar com  cachoeiras matas nativas, e com todo o aparato para se acabar de vez com a sindrome do panico e voltar a ter paz.  atividades de lazer , medicos , fisioterapeutas, filmes, frutas frescas, alimentos naturais se agrotoxicos , limpar o organismo da poluicao sonora e do ar ,fazer amizades, ou descansando a mente proximo de um riacho ,  tudo com acompanhamento medico. terapias, jardinazem, nadar ,andar a cavalo,  cuidar dos animais , ler um bom livro e muito mais.quem sabe algumempresario possa ler e colocar em pratica.
  4. Alisson Rodrigues
    30, setembro, 2013 em 15:53 | #4
    Oi tenho 21 anos e venho sentido esses sintomas de SP ah uns 3 meses ainda não procurei um Psiquiatra mais irei, ah SP em mim se intensifica quando penso que vou ter alguma coisa ruim! minha mãe tbm tem SP hoje ela ja se acostumou com a doença mais sei que Precisamos intensamente de Deus para nos tirar dessa;

    então procurem ocupar a mente de vocês assim como tento ocupar a minha!

  5. Eduardo G. R.
    17, agosto, 2013 em 21:44 | #5
    Eduardo G. R. :

    Eduardo G. R. :

    Eduardo G. R. :
    Ola, paz e bem a todos!
    Apos ter usado alguns tipos de drogas, desenvolvi a síndrome do panico, pois bem, procurei ajuda por conta propria, iniciei o tratamento, a quase um ano faço uso de sertralina, no inicio usava rivotril para ajudar a diminuir as crises, mas com minha propria força reneguei este remedio no quarto mes.
     Hoje levo uma vida tranquila, ainda sinto aquela sensação de medo, me sinto tonto, mas bem raramente.
    Alguns ataques de panico ocorrem quando eu ingiro muita bebidas alcoólicas, mas mesmo assim com pouca frenquencia posterior me da um ataque de panico, mas pela logica o ataque acontece pois o alcool corta o efeito do remedio, tirando estes episódios isolados,  
     Ao contrario de muitos, nao tenho medo de usar transporte lotados, viajar, festar, trabalhar, nao me isolo, tenho uma vida social muito boa (…) Uma coisa é certa, primeiro passo para a “cura” sindrome do panico, é procurar o tratamento psiquiátrico, relatar ao seu medico todo os ocorridos e iniciar o tratamento, procure na fé um apoio para superar esta fase, seja ela permanente ou nao, e esqueça as coisas ruins do passado… nao fique dependente do remedio, pois tambem é uma droga, lembre se a sindrome do panico é causado por fatores quimicos nos comunicadores de nosso cerebro, mas que comanda o seu corpo é voce… respire sempre fundo que tudo vai dar certo…
     Viva, sorria, permita se a viver momentos em sua vida, pois ela é feita de momentos, olha a seu redor e veja quanta alegria existe, ate mesmo em um cantar de um pássaro, desejo a todos voces meus amigos. Muita prosperidade, e que tudo no final vai dar certo.. 

    @Eduardo G. R.

  6. Eduardo G. R.
    17, agosto, 2013 em 21:35 | #6
    Ola, pas e bem a todos!

    Apos ter usado alguns tipos de drogas, desenvolvi a síndrome do panico, pois bem, procurei ajuda por conta propria, iniciei o tratamento, a quase um ano faço uso de sertralina, no inicio usava rivotril para ajudar a diminuir as crises, mas com minha propria força reneguei este remedio no quarto mes, hoje levo uma vida tranquila, ainda sinto aquela sensação de medo, me sinto tonto as vezes mas raramente, so tenho ataques de panico mesmo, quando eu ingiro muita bebidas alcoólicas ai raramente me da um ataque de panico, mas pela logica o ataque acontece pois o alcool corta o efeito do remedio, tirando estes episódios isolados,  ao contrario de muitos, nao tenho medo de usar transporte lotados, viajar, festar, trabalhar, nao me isolo, tenho uma vida social muito boa (…) Uma coisa é certa, primeiro passo para a “cura” sindrome do panico, é procurar o tratamento psiquiátrico, relatar ao seu medico todo os ocorridos e iniciar o tratamento, procure na fé um apoio para superar esta fase, seja ela permanente ou nao, e esqueça as coisas ruins do passado… nao fique dependente do remedio, pois tambem é uma droga, lembre se a sindrome do panico é causado por fatores quimicos nos comunicadores de nosso cerebro, mas que comanda o seu corpo é voce… respire sempre fundo que tudo vai dar certo…
     Viva, sorria, permita se a viver momentos em sua vida, pois ela é feita de momentos, olha a seu redor e veja quanta alegria existe, ate mesmo em um cantar de um pássaro, desejo a todos voces meus amigos. Muita prosperidade, e que tudo no final vai dar certo.. 

    :D

  7. Juracy
    2, julho, 2013 em 03:18 | #7
    Olá para todos

    Tive uma ótima experiência com a redução das crises de síndrome do pânico e ansiedade e desejo compartilhar com vocês.

    Consegui obter melhoras imensas da síndrome do pânico com as práticas do relaxamento, da meditação e da concentração. Hoje, me desenvolvi tanto nessas práticas que, na maioria das vezes, consigo sair das crises sem remédio algum, apenas me sentando para relaxar e desviar os pensamentos e a atenção dos sintomas. Tomo ansiolíticos apenas esporadicamente, em casos de crises violentas, e logo a seguir intensifico as práticas e elas não voltam.

    Consegui as melhoras após estudar o livro “Concentração e Meditação”, de Sivananda e recomendo a leitura e a prática do conteúdo deste livro a todos vocês, independente de religião. Inclusive evangélicos podem praticar a meditação, bastando para isso que selecionem como tema das práticas aquilo que não irá entrar em conflito com suas crenças, tais como estórias da bíblia, a figura de Jesus, a bondade de Deus, a beleza dos céus e da criação etc.

    Basicamente, a meditação atua por meio do desvio da atenção e do pensamento sobre os sintomas, os quais são sequestrados pela doenças. O praticante aprende literalmente a “arrancar” a atenção do problema e focá-lo em algo mais elevado que irá beneficiá-lo, mas a prática deve ser contínua. Meditar somente 15 ou 20 minutos por dia não irá adiantar nada.

    Recomendo também a leitura desse artigo:

    http://dwere.blogspot.com.br/2012/02/morte-do-ego-e-meditacao-nas-crises-de.html

    Boa sorte a todos vocês.

  8. Lana
    17, junho, 2013 em 18:18 | #8
    Esse ano faz 2 anos que enfrento esse problema que é o pânico, esse transtorno que quase destrói a nossa vida. Estou em busca de um tratamento espiritual e médico algo que me ajude a aliviar esse pânico terrível, o pior de tudo é a falta de apoio e compreensão das pessoas em nossa volta que tratam esse problema como ”frescura, ou falta do que fazer”. Quem tem essa doença sabe como é a luta diária para a sobrevivência. Desejo sorte a todos companheiros nessa luta, e que todos saem curado dessa e voltem a ter uma vida normal.
  9. nilza
    1, abril, 2013 em 22:16 | #9
    estou me sentindo assim  com muito medo de td  tudo mesmo  e suor munto fico muti gelada  e pensando muito em sair deste mundo que nao tem mais graça nenhuma.ja estive  assim a uns dois anos atras  e ja tenho caso na familia  mais o que mais me tem trazindo a memoria é o estrupo  de minha irma  , e o medo de td.sirvo um Deus  vivo mais me sinto tao fraca que nem sei o porque estou aqui a falar com vc  nao sei mesmo .   sei la  so sei  que ja começa a vim o medo de novo e o suor e ficar muito gelada ,  ate qualuer dia.valeu nao foi por acaso este desabafo .
  10. Hellen
    15, março, 2013 em 02:58 | #10
    Já tive SP e sei o quanto é terrível este sofrimento. Com muita FÉ em DEUS e com a ajuda de uma Psicóloga, consegui me livrar desse mal, sem remédios. Peço a DEUS por vcs que estão sofrendo dessa doença, tenham muita força e coragem e que sejam curados também. Não tem coisa melhor, do que poder voltar a sua vida normal, sair, passear, ficar em sozinha sem medos, curtir sua família e seus amigos sem o pesadelo do pânico. DESEJO QUE ESSA BÊNÇÃO, ACONTEÇA NA VIDA DE VOCÊS TAMBÉM, OREM MUITO E CREIAM COM MUITA FÉ: DEUS IRÁ CURÁ-LOS!
  11. Nanci
    2, fevereiro, 2013 em 08:45 | #11
    Tive sindrome do panico o ano que passou,me curei me ocupando fazendo atividades fisicas,orando e pedindo a Deus que me livrasse desse mal,tive crises horriveis corpo tremulos ansiedade de faltar o ar garganta seca ,medo de morrer mais vc trabalhando sua mente vc se liberta,só tome calmante se caso precisar com orientação de seu médico,sabe as vezes passo por algum problemas e parece querer voltar as crises mais vc tem q ser mais forte que o medo e não deixar com que o mau te pertube…é aquele ditado O inimigo te quer derrotado mais forte é a Fé em DEUS que te quer feliz ,forte e sem doenças.
  12. Brunna
    19, janeiro, 2013 em 16:35 | #12
    Tbm tenho esse problema de Síndrome do Pânico, mas só me ataca se eu estiver com algum problema de saúde. Quando estou bem, levo uma vida normal, esqueço até dessa doença horrível. Nunca tomei remédios, pois acho que temos que ter muita fé em DEUS e não deixar este mal prejudicar nossas vidas. Passei a consultar como uma Psicóloga que está me ajudando muito, consigo me controlar e não deixo o pânico me dominar. Desejo que todos tenham muita força e fé em DEUS e que todos vcs sejam curados deste mal terrível.
  13. Marlene Miranda
    18, janeiro, 2013 em 22:01 | #13
    Já sofro com este mal pelo menos uns trinta anos, tenho 45 anos e de quatro anos para cá ficou mais intenso. Sou evangélica e na minha igreja, dizem que é falta de fé. Não conseguem entender. Já procurei psiquiatra, mas eles apenas passam medicamentos e em geral os medicamentos são fortes e me fazem mal. É uma tortura mesmo. . Tenho vergonha de falar no assunto, pois as pessoas se afastam. Tive uma crise terrível a + ou – 03 anos atrás após a morte da vó do meu esposo, talvez pelo fato de ter que me fazer de forte o tempo inteiro para consolar as pessoas e quando preciso, não encontro ninguém porque as pessoas não querem se dar o trabalho de prestar solidariedade ao próximo. Neste momento estou enfrentando uma das crises e parece que quando vem, é mais forte. Isso acontece desde a minha adolescência e minha dizia que era frescura. Frescura esta que dura trinta anos. O que mais me incomoda é a sensação de falta de ar seguida de uma terrível angústia. Na igreja, querem tratar como problemas espirituais. Fico desesperada e penso que minha vida vai acabar ali mesmo. Moro em Manaus-Am, gostaria de saber se há algum grupo de apoio aqui, pois sei que não sou a única. Já conheci outras pessoas na mesma situação. Li livros a respeito. Porém, isto não é o suficiente para acabar definitivamente com este mal, embora saiba que Graças a Deus ele tem cura. Por favor, me ajudem se puderem. Quero levar uma vida normal, livre deste mal. Obrigada.
  14. Leonam
    20, dezembro, 2012 em 22:02 | #14
    Ja tem um certo tempo q faco tratamento da s.p e eu posso dizer que o tratamento medico ajuda bastante
    Mais tem q ter uma ocupação, vc tem q ocupar a mente, faça algum
    Esporte vai correr vai para academia se ocupe. Busque orientação
    de Deus ele conforta o nosso coração.boa sorte vc vai ficar bem pode ter certeza
    Isso vai passar.
  15. ANDRE
    10, dezembro, 2012 em 08:41 | #15
    @leiliane maia
    obrigado 
    de qual igreja vcs são , ccb ?
  16. aline
    6, dezembro, 2012 em 11:36 | #16
    nao aguento mas a sp me sinto muito mal muitos sintomas ao mesmo tempo se alguem quiser conversar comigo meu email e aline_olivera2012@hotmail.com
  17. Priscila
    5, dezembro, 2012 em 10:04 | #17
    Bom dia!
    Ah 15 dias tive esse problema, fui 4 dias seguidos para emergencia, chegando lá os medicos sempre me diziam que não havia nada comigo, é uma sensação horrivel, sentia falta de ar, o corpo tremendo e gelado, medo de ficar em lugar muito fechado, coisas terriveis. O medico me informou q eu estava c essa tal sindrome do panico e me passou dois remedios, mais mesmo assim ainda era dificil me controlar, procurei uma igreja e foi daí que comecei a me sentir melhor, ainda estou freguentando a igreja e pretendo dar continuidade sempre, pois tenho fé em Deus que irei ficar curada desse mal……
  18. valquiria
    2, dezembro, 2012 em 10:35 | #18
    minha experiencia com síndrome de panico  foi muito dificil,tinha medo de tudo até que me confinei em meu quarto e mesmo assim tinha medo,crises pavorosas.emagreci muito,nao comia,não dormia,tinha medo de sentir aquele medo.estava com muitos problemas particulares,até que não mais tive condiçoes nenhuma de resolve-los mais.muito tratamento,muitos remedios.Enfim quando os medicos dizem que é um problema psicologico teem razão,tive que trabalhar muito isso na minha cabeça que a sindrome nada mais é do que o medo de morrer.quando consegui trabalhar isso na minha cabeça,que ela não ia me matar,e que a morte faz parte da vida ,me libertei.hoje não tenho mais medo da morte,não significa que quero morrer,mas sei que ela faz parte da vida e que em algum momento todos vamos.os problemas,e a solução deles vão continuar aqui comigo aqui ou não.O mundo não vai parar por minha causa.aprendi a relaxar um pouco e não me preocupar tanto com os problemas,resolvo os que dão os que não dão ,entrego na mão de Deus,e não me cobro tanto como antes,aprendi a me perdoar quando falho em alguma coisa.tratamento medico psiquiátrico foi fundamental.
  19. rafael
    30, novembro, 2012 em 08:48 | #19
    Ola pessoal tambem sofro com esta doença triste,quando ela ataca fico sem respira e penso que vo morre mas quando vou toma o remedio diazepam a garganta trava e nao enta nada e triste esta e a doença do seculo e nao tem cura como dizem os remedios so piorao. se vc tomar muito da uma de cabeça orrivel a cura definitiva so se for sirugia mesmo
  20. rony marcos
    24, novembro, 2012 em 00:53 | #20
    Bem tenho 13 anos e tudo q foi colocado no texto a cima eu sinto, eu a algum tempo comecei a me isolar e não sei se concigo mais viver assim, ja fiz tratamentos mas até agora nada.Não quero morrer, quero ajuda ;’)
  21. keilla
    17, novembro, 2012 em 14:46 | #21
    estou em tratamento a 4 anos melhorei 100%  consigo fazer tudo que não fazia antis  perdi muitos anos da minha vida 5 anos com síndrome do panico  , foi orrivel  fiquei sabendo  depois de quatro ano quando eu vi na tv , eu ja nen saia de cssa , mais eu nunca desisti deus mim deu uma força tão qrande o meu marido também nunca falei pra niquem  da minha familia por que muita gente pensa que e frescura manha preguiça , mais hoje estou bem melhor a unica coisa que perdei tanta coisas eu pensei que iria enloquecer  não desista    
  22. Robson
    17, novembro, 2012 em 09:28 | #22
    @Renilda Barreto
    olá pelo q percebo vc ja tentou de tudo q a medicina oferece em tratamentos com remédios,pois bem tente a cura pela fé claro e depois pela medicina natural procure um naturolago ele vai te ajudar mudando sua alimentação por uns dias e passando medicamento natural pois o homem veio do pó da terra somos parte da natureza então só a fé em Deus o q ele deixou como remédio está na natureza assim vc vai ficar livre desse mal.espero ter ajudado.
  23. Aline de Andrade da Paixão
    13, novembro, 2012 em 11:21 | #23
    Eu tenho síndrome do panico mas não sei me controlar  .
    Oque eu faço ?
    me ajudem por favor.
  24. Andre leon
    28, junho, 2012 em 09:14 | #24
    Descobri a cura do problema, apos ter passado por crise de panico, ansiedade e toc durante 8 meses, aliei o tratamento com remedios, mais meditação que na verdade foi uma reforma intima e principalmente a pratica do espiritismo, no meu caso eu tinha mediunidade, ou seja minha mente estava como um radio sem sintonia, entao fui a uma casa espirita kardecista, que me ajudou a desenvolver, nao sao todos os casos espirituais, mas sempre a religiao ajuda, os remedios simplesmente te dao força e animo para que voce possa se mudar, mas nao curam o problema, voce tem que meditar, ir ao fundo da sua consciencia, mudar sua vida, suas atitudes e com o tempo vai ver como melhora, se nao tiver trabalhando volte ao trabalho, pois isso me ajudou muito, procure trabalhar em alguma coisa mais light ate ir se acustumando com o publico, mas é no espiritismo que vai ter a cura, pois la se tiver fé e merecimento, todos os tipos de energias ruins que voce tiver aliada, ou ate mesmo qualquer tipo de obssessao vao ser distanciados de voce, mas lembre-se sempre que se continuar fazendo as mesmas coisas tudo pode voltar. eu a 5 meses atras estava ak procurando respostas e hoje estou ak ajudando, como voce tambem fará mais tarde, isso nao te pertence!!! comande sua mente! indico um livro muito bom: tormentos da obssessao! abraços
  25. leiliane maia
    26, junho, 2012 em 20:13 | #25
    ola pessoal,meu marido descobriu que tem essa doença a dois meses.N o inicio pessavamos que era uma doença física,passamos por todo os tipos de medicos e por incrivel que pareça foi uma pediatra que suspeitou dos sintomas e nos encaminhou para um pisiquiatra.Foi dificil de aceitar pois somos um casal jovem, somos evangelicos e meu marido toca na igreja,mas temos que ter consciencia e procurar tratamento e seguir todos os passos do médico e assim conquistar a cura.vc ke tem essa doença nau se desespere procure logo um pisiquiatra…Fiquem na paz do Senhor.
  26. Rodrigo
    25, junho, 2012 em 14:34 | #26
    oii eu ja sofro com a sindrome do panico a 4 anos.. axo q nn tem coisa mais orivel doque essa doenca… gracas a Deus q minha familia me entende! eu ja perde tantas oportunidades na minha vida.. eu ja pensei ate em min matar so assim eu nn sofria mais :(
  27. Robson
    23, junho, 2012 em 20:06 | #27
    eu to sofrendo mto com essa doenca sindromede do panico.. minha vida ta uma tortura. eu perde a sencibilidade do meu corpo minha cabeca so fika cheia de problemas . a noite nn consigo dormir direitoo.. eu deito e fiko flutuando na cama.. e com mto medo de morre!! por favor min ajudem eu nn aguento mais!!
  28. Marco
    18, junho, 2012 em 13:30 | #28
    OI

    ESTOU TENDO SINDROME DO PANICO, NAO AGUENTO MAIS …

    EU TIVE 1 VEZ, DAI FIQUEI 1 ANO SEM NADA, DERREPENTE ELA VOLTOU COM TUDO, AI SEMPRE QUE EU BEBO , NO OUTRO DIA ELA ATACA E FICA 1 SEMANA, EU CONSIGO ME CONTROLAR, MAIS TA IMPOSSIVEL, DA VONTADE DE LARGA TUDO E FICA NO MEU QUARTO IGUAL UMA PEDRA.

    PRECISO COMEÇAR A IR NA IGREJA , ETC … EU ACHO QUE TO FRACO DE ESPIRITO

  29. THAYANE
    18, junho, 2012 em 13:12 | #29
    GENTE SOFRI COM ISSO POR MUITAS VEZES MAIS O SEGREDO E O CAMINHO DA CURA ESTA NAS NOSSAS MENTES, O IMPORTANTE E TER PLENA CONSIENCIA QUE SOMOS NORMAIS E QUE TUDO ESTA BEM E NÃO DEIXAR ESTE MEDO HORROROSO TOMAR CONTA DE NÓS!!! CONFIEM EM DEUS
  30. adriele
    9, junho, 2012 em 19:03 | #30
    Eu tou sofrendo com essa doenca tenho medo de durmi sozinha penso qui vou morrer durmindo ou alguem vai entra em kza pra mim mata. por favor me ajude 
  31. lol
    28, maio, 2012 em 21:00 | #31
    pode praticar esportes quem tem síndrome do panico?
  32. maria
    19, maio, 2012 em 10:45 | #32
    oi ;pessoal a algum tempo tenho essa sindrome no começo nem sabia o que tinha pensava que estava com alguma doença grave .sofri muito fui parar na emergencia com a pressao muito alta.ate que começei o tratamento com calmantes mas acho que preciso ir ao psicologo tmbem.e horrivel viver assim sempre com medo ,insegura .minha vida estacionou quase nao saio de casa tenho panico de onibus ,de muitas pessoas de lugares fechados .so sei que preciso buscar força em DEus os remedios ajudam mas nao curam isso depende somente de nos eu sei que Deus vai me curar mas essa doença e horrivel sem contar no preconceito das pessoas que acham qua isso e bobagem . boa sorte e fiquem com Deus
  33. 18, maio, 2012 em 17:19 | #33
    Ja tive problemas semelhante a de vçs,estou aqui p contar minha axperiencia q nao foi facil.por favor nao tomem esses famoso calmante q existem no mercado,pois fiz o uso no começo parece q tdo vai bem.eles apenas ajudam a mascarar nosssos problemas.Foram 4meses de uso continuo e nada resolveu parei por mim mesma,a bstinencia ainda muito pior q a doenca.Procurem fazer psicoterapia,exercicio fisicos vai t ajudar muito.
Página de comentários
1 6 7 8 519
  1. Nenhum trackback ainda.



Este website foi projetado para ser completamente acessível e usável, trabalhando em conformidade com as Diretrizes de Acessibilidade para Conteúdo Web (WCAG v1.0).

Se houver qualquer coisa (ocorrência) neste site relacionado a acessibilidade ou a validação que não estiver de acordo com os padrões, por favor entre em contato.