Top30 Os melhores sites da Internet

 

Página Inicial > Saúde > Esclerodermia – Doença Que Produz Colágeno em Excesso

Tópicos recentes

Esclerodermia – Doença Que Produz Colágeno em Excesso

esclerodermiaAparentar mais jovem é o que toda mulher deseja, tanto é, que muitas mulheres investem bastante em cosméticos, ricos em colágenos, para deixarem a pele mais viçosa.

Agora imagine um distúrbio que acaba produzindo colágeno em excesso, deixando uma pessoa de 60 anos com aspecto de 40?!?!?! A princípio parece ser bom não é? Mas infelizmente não é uma dádiva recebida, e sim, trata-se de uma doença rara, a Esclerodermia.

A Esclerodermia é uma doença auto-imune, que provoca um endurecimento irregular da pele, com perda de flexibilidade e mobilidade, como se fosse o inicio de uma artrite reumatóide. Isso acontece, devido à produção excessiva de colágeno (proteína que faz o ser humano parecer mais jovem). Como a doença afeta os tecidos conectivos do corpo, a esclerodermia é classificada como um distúrbio reumatológico.

24.15-discapacidadExistem dois tipos de esclerodermia, a localizada e a sistêmica. A Esclerodermia Localizada ocorre especialmente na pele das mãos e do rosto. Esse tipo da doença possui uma evolução bem lenta e raramente desencadeia complicações graves. Em alguns casos, ocorre o desaparecimento espontâneo das lesões na pele. Já a Esclerodermia Sistêmica ocorre em grandes áreas da pele e pode comprometer órgãos internos.

Até o momento não existem causas para a esclerodermia, mas sabe-se que a doença não é contagiosa e nem hereditária. A manifestação da doença é mais comum entre os 25 e os 55 anos, como também em pessoas do sexo feminino, porém, quando surge nos homens, as complicações são maiores.

A Esclerodermia, até o momento, não tem cura. Seu tratamento é à base de remédios para a circulação sanguínea e imunossupressores, que são direcionados principalmente para o controle dos sintomas e complicações da doença.

 
 

Tags: Tags: , , , , ,

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.



Este website foi projetado para ser completamente acessível e usável, trabalhando em conformidade com as Diretrizes de Acessibilidade para Conteúdo Web (WCAG v1.0).

Se houver qualquer coisa (ocorrência) neste site relacionado a acessibilidade ou a validação que não estiver de acordo com os padrões, por favor entre em contato.